No dia 26/06/2019 foi noticiado por alguns meios de comunicação do Distrito Federal várias notas relacionadas a um acontecimento médico no Hospital Regional da Asa Norte: “Havia sido feita a primeira cirurgia para cura do diabetes pelo SUS em Brasília”

Entretanto, alguns pontos importantes precisam ser esclarecidos:

1. Até o momento não existe um procedimento clínico ou cirúrgico para cura do diabetes;

2. A cirurgia bariátrica e metabólica envolve procedimentos cirúrgicos regulamentados pelo Conselho Federal de Medicina, tais como o Bypass Gástrico em Y de Roux e a Gastrectomia vertical;

3. Alguns pacientes, mesmo com diabetes tipo 2, podem não responder bem ao tratamento cirúrgico;

4. A correta indicação para o tratamento cirúrgico requer a avaliação de uma equipe multidisciplinar especializada.

Portanto, esse tipo de notícia pode levar a uma interpretação errada por parte dos pacientes que, cada vez mais, nos procuram para ouvir uma opinião sobre a tal “cura”. Infelizmente, alguns já deixaram seus cuidados habituais na esperança trazida por essa cirurgia “milagrosa”.

A Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia do DF, e a Sociedade Brasileira de Diabetes DF, desaconselham notícias como essa que apresentam informações que podem ser mal interpretadas e, dessa forma, alimentar uma falsa esperança pelos pacientes de uma cura para o diabetes. É fundamental alertar que, até o momento, nada substitui a mudança de estilo de vida e as medicações para o controle da doença.

Procure seu endocrinologista para mais informações. 

Elaboração: Dr. João Lindolfo Cunha Borges, Presidente da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia – Regional DF

Colaboração: Dr. Orlando Pereira Faria, Titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica

Clique aqui para download do documento.