Fundada em 26 de outubro de 1974, durante Congresso Brasileiro de Endocrinologia e Metabologia realizado na cidade de Curitiba-PR, a SBEM-DF teve a sua Ata de fundação dai assinada pelos seguintes médicos:

  • Berenice de Sousa Carneiro,
  • Severiano Primo da Fonseca Lins Neto,
  • Rogério Ulyssea,
  • Maria Luiza Mathias de Souza,
  • Maria Silva Sucupira,
  • Reginaldo Holanda de Albuquerque ,
  • Waldenor Barbosa da Cruz,
  • Antônio Carlos Macedo de Carvalho,
  • Fernando Antônio Maria Rodrigues de Almeida,
  • Paulina de Freitas Targino,
  • Geraldo Rodrigues Guimarães,
  • Mirtzi Hortenci Chianca Franca,
  • Darcy Garbeline,
  • Tereza Isabel de Almeida Mendes,
  • Antônio da Costa Pereira,
  • Gilvan Carvalho,
  • José Marques de Souza Ramos,
  • Selma Veloso Barbosa,
  • Frederico Sérgio Lins de Castro Montenegro  e
  • Laurenice Pereira Lima.

Ao longo destas mais de 3 décadas de história, a SBEM-DF se consolidou como uma importante sociedade científica. Sob a coordenação de seus afiliados nos respectivos locais de trabalho, implantou programas de amplo alcance social.

Lançou campanhas de detecção de tireoidopatias (Conexão T) e de Dislipidemia (Conexão D) e fez parcerias com Sociedades científicas internacionais. Divulgou folders para população e que ainda hoje representam inspiração para outras sociedades desenvolverem campanhas estaduais e que muito tem contribuído para a divulgação das doenças relacionadas aos hormônios e ao metabolismo.

Disseminou por todos os estados brasileiros o programa de prevenção de complicações do diabetes mellitus, especialmente quanto aos riscos do pé diabético. Tal programa, iniciado no Hospital Regional de Taguatinga, cidade satélite de Brasília, tornou-se referência nacional na redução de amputações, custos de internação hospitalares e melhoria de qualidade de vida.

Atualmente também se desenvolvem pesquisas de ponta no ramo da Neuroendocrinologia, bem como levantamento de doenças nesta área como o Censo Nacional de Acromegalia.

Vários de seus médicos associados conquistaram prêmios nacionais por suas pesquisas e fizeram publicações científicas em periódicos de grande repercussão internacional.

Assim, nossa cidade, além da conhecida influência política, tem também forte impacto científico na área de endocrinologia e metabologia.

Em breve será divulgado um relato amplo sobre a história da endocrinologia em Brasília com relato de médicos que testemunharam e fizeram esta história.